Enem: segurança e tranquilidade marcam último dia – Agência Brasília

0
23
Enem: segurança e tranquilidade marcam último dia – Agência Brasília
Enem: segurança e tranquilidade marcam último dia – Agência Brasília

imagem25-01-2021-06-01-38
imagem25-01-2021-06-01-38
Monitoramento da Secretaria de Segurança Pública durante as provas do Enem neste domingo (24) | Foto: divulgação SSP/DF

Já nas primeiras horas deste domingo (24), representantes de instituições, órgãos e agências (IOAs) envolvidas na Operação Enem neste ano, reuniram-se no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), da Secretaria de Segurança Púbica do DF (SSP/DF), para direcionamento de ações.

O Protocolo de Operações Integradas (POI), criado para apoio ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi aplicado no último domingo (17) e repetido – com alguns ajustes –neste domingo (24).

O documento foi elaborado com a contribuição das forças de segurança e demais órgãos locais e federais envolvidos na operação, como Samu, secretarias de Educação (SEE) e Mobilidade (Semob), CEB, Novacap, Brasília Ambiental, Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER), Polícia Federal (PF), Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e Fundação Getúlio Vargas (FGV). As tratativas para apoio e segurança da Operação tiveram início em setembro de 2020.

“O planejamento e organização da ação garantiu tranquilidade e segurança aos estudantes e aplicadores das provas. A presença dos representantes no CIOB também foi essencial, pois foi possível resolvermos com maior agilidade ocorrências, como perturbação sonora, atendimento médico e de queda de energia. Foi uma operação que ocorreu dentro do planejado”, explica o coordenador de planejamento da Operação Enem da SSP, coronel Paulo Mourão.

Policiamento e segurança

A partir das 4h deste domingo, a PMDF deu início à escolta e apoio à ECT no transporte das avaliações, saindo do Aeroporto Internacional de Brasília, até os mais de 240 locais de prova nas regiões administrativas do DF. Cerca de 270 policiais participaram da operação. Após o final das avaliações, às 1830, os policiais deram início ao processo inverso: o recolhimento dos cadernos de provas.

“Além do emprego de policiamento ostensivo nas proximidades das escolas, fizemos a segurança das provas ainda na madrugada de domingo. A operação será finalizada após recolhimento e entrega de todo o material, junto aos Correios”, informa o coronel Leandro Schweitzer, do Departamento Operacional (DOP), da PMDF.

A entrega do material para os pontos de aplicação de provas terminou com antecedência de quase uma hora do previsto. “Foram definidas 38 rotas para entrega das provas nas 240 escolas distribuídas pelas regiões administrativas em que houve aplicação de provas. Procuramos manter os mesmo policiais que atuaram na semana passada e, com isso, acabamos conseguindo concluir a distribuição mais rapidamente, o que facilitará também o recolhimento do material”, completa Schweitzer.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) reforçou o plantão de todas as delegacias, já que a prova será aplicada em escolas de todo o DF. Nas unidades do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) também foi reforçado o efetivo nos dois dias de exame.

Atendimentos

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) recebeu 11 acionamentos relacionados a som alto nas proximidades dos locais de aplicação do exame. Todas as ocorrências, atendidas com apoio da Polícia Militar (PMDF), foram resolvidas sem a necessidade de notificação, por parte do Ibram, ou de aplicação de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Equipes do Serviço de Atendimento Médico Urbano (Samu) atenderam seis pessoas que apresentaram mal-estar ao longo do período de avaliação, sendo cinco candidatos e um colaborador. Todos receberam atendimento nos locais das provas e não precisaram ser encaminhados a unidades hospitalares.

Leia também

Enem: secretário da Educação e ministro visitam local de prova

Garantidos ônibus extras para o segundo dia do Enem

Reforço na frota de ônibus para o exame do Enem

Segurança Pública dará apoio ao Enem

Na avaliação do representante do Samu no Ciob, André Ricardo Santana, a pronta resposta em todas as solicitações foi possível graças ao trabalho integrado coordenado pela SSP/DF.

O saldo é muito positivo, pois muitas vezes esse tipo de atendimento, quando não é feito de forma integrada na central de regulação, requer transporte do paciente para atendimento hospitalar, mesmo sem a real necessidade”, avalia.

Por volta das 14h30, a Companhia Energética de Brasília (CEB) foi acionada em função de uma queda de energia no Centro de Ensino Médio 01 de Brazlândia. Um disjuntor da escola desligou devido a sobrecarga no ar condicionado. A falha foi resolvida rapidamente e não atrapalhou o andamento da prova.

Quase no horário de encerramento do Enem, a CEB foi acionada mais uma vez para uma ocorrência de curto-circuito na rede elétrica que atende o Centro Interescolar de Línguas (CIL) no Paranoá. “Populares estavam soltando pipas e algumas se entrelaçaram na rede de distribuição. Mas prontamente uma equipe da CEB conseguiu garantir o fornecimento normal de energia, sem prejuízo para a continuidade da prova”, explica o coordenador de redes/sistema da CEB, Cleiton Adriano Pereira.

Próximas provas

O planejamento operacional para garantir a segurança nos próximos dias de aplicação de provas do Enem – prova digital (31/01 e 07/02) e reaplicação de provas (23 e 24/2) deverá ser divulgado nos próximos dias.

* Com informações da SSP/DF

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2021/01/24/enem-seguranca-e-tranquilidade-marcam-ultimo-dia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here