Maternidade do HRC comemora o Agosto Dourado – Secretaria de Saúde do Distrito Federal

0
211
Maternidade do HRC comemora o Agosto Dourado – Secretaria de Saúde do Distrito Federal
Maternidade do HRC comemora o Agosto Dourado – Secretaria de Saúde do Distrito Federal

imagem01-09-2020-05-09-21
imagem01-09-2020-05-09-21

Mesmo na pandemia, unidade mantém os atendimentos sem redução de partos

 

ÉRIKA BRAGANÇA, DA AGÊNCIA SAÚDE DF

 

O Agosto Dourado está chegando ao fim, mas o incentivo à amamentação e o aleitamento não param na unidade do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), mesmo em tempos de pandemia. A equipe comemora o mês e trabalha o assunto com cada mamãe informando sobre os benefícios para ela e para o bebê. A maternidade do HRC conta com 46 leitos para internação dos binômios (mãe e bebê) e recebe em média 384 internações por mês.

 

imagem01-09-2020-05-09-31
imagem01-09-2020-05-09-31

Foto: Divulgação/SES-DF

Mesmo em meio à pandemia, o hospital mantém os atendimentos maternos infantis sem prejuízo e com total apoio à parturiente e seu bebê. No local, é priorizado o cuidado integral e humanizado, no qual a equipe toda se empenha diariamente para manter o vínculo afetivo entre a mãe e filho, esclarecendo dúvidas, abordando a importância do aleitamento materno para a saúde do bebê, realizando ações de incentivo e apoio emocional às puérperas.

 

Com o tema “Eu mudo o mundo pela amamentação”, os profissionais trabalham as temáticas com as mães para que elas entendam o poder desse ato. O local foi todo enfeitado, e os cantinhos da maternidade lembram a importância do aleitamento materno. Lucineide Carlos da Silva, chefe do local, destaca o ato como aquele de amor prático. A máxima que o cartaz traz incentiva o aleitamento por meio do amor – “Quando uma mãe amamenta o filho, não é apenas leite que ela oferece. É amor! O amor mais puro e belo que existe”.

 

imagem01-09-2020-05-09-33
imagem01-09-2020-05-09-33

Foto: Divulgação/SES-DF

“Cada mãe tem o poder de mudar o mundo sim pela amamentação. A nossa frase é verdadeira porque o ato de amamentar traz aconchego, cria vínculo, oferece saúde e vitalidade à criança. O leite materno é capaz de trazer, inclusive, um crescimento saudável que gera imunidade, capaz de evitar infecções, por exemplo. Já para a mãe, é capaz de prevenir inclusive o câncer”, afirma.

 

De acordo com a Sociedade de Pediatria, o leite materno tem o poder ainda de proteger contra doenças, prevenir a formação incorreta dos dentes e problemas na fala. Consegue proporcionar melhor desenvolvimento e crescimento, além de ser um alimento completo. A amamentação é indicada ainda de forma exclusiva até os seis meses e, depois, pode ser continuada até os dois anos de idade.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO 

Fonte: saude.df.gov.br/maternidade-do-hrc-comemora-o-agosto-dourado

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here