Ônibus garante refeição para clientes de Restaurante Comunitário – Agência Brasília

0
22
Ônibus garante refeição para clientes de Restaurante Comunitário – Agência Brasília
Ônibus garante refeição para clientes de Restaurante Comunitário – Agência Brasília

Foto: Divulgação/Sedes
Foto: Divulgação/Sedes
Nas duas unidades que vão receber temporariamente os usuários do restaurante de Samambaia houve um reforço na quantidade de refeições. O horário dos ônibus é de 10h30 às 14h30 | Foto: Divulgação/Sedes

Ao lado do colega de trabalho Édison de Almeida Rodrigues, o mecânico Welington Francisco Daton costuma comprar marmita a R$ 1 no Restaurante Comunitário de Samambaia para economizar e conseguir pagar as contas no fim do mês. Ele foi um dos usuários que aproveitou a nova linha de ônibus gratuita que começou a funcionar a partir desta sexta-feira (12) para levar os frequentadores até a unidade do Recanto das Emas, já que a de Samambaia está, temporariamente, fechada. Welington aprovou a iniciativa. “A ideia do governo foi muito boa e importante. Nós estamos trabalhando, mas não somos fichados e a comida está saindo cara nos restaurantes por aí”, conta.

Já a outra linha de ônibus disponível leva os clientes do restaurante de Samambaia, gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), para a unidade do Riacho Fundo II. Os veículos fazem o trajeto de ida e volta entre 10h30 e 14h30, com intervalos de aproximadamente 30 minutos, tanto para ida quanto para retorno.

“O serviço foi bem aceito pela comunidade. São dois microônibus com capacidade para 28 pessoas, cada, para levar e buscar. Muitas pessoas trouxeram marmitas. Fizemos um balanço positivo desse primeiro dia”Dolores Ferreira, diretora de Equipamentos de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes

“O serviço foi muito bem aceito pela comunidade. Hoje foi mais um dia para informar a população, muitos usuários não sabiam. São dois microônibus com capacidade para 28 pessoas, cada, para levar e buscar. Muitas pessoas foram e trouxeram marmitas. Fizemos um balanço positivo desse primeiro dia”, destaca Dolores Ferreira, diretora de Equipamentos de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes.

Por decisão da empresa responsável pela operacionalização do Restaurante Comunitário de Samambaia, o funcionamento foi interrompido. Não há faturas em atraso. O contrato foi renovado no dia 29 de agosto de 2020 pelo período de 12 meses. De acordo com Dolores Ferreira, o Governo do Distrito Federal (GDF) vai garantir o funcionamento dos ônibus até concluir a licitação emergencial. “O GDF queria negociar com a atual empresa, que preferiu romper o contrato. Até a contratação da nova terceirizada, vamos manter o serviço dos ônibus gratuitos para os frequentadores do Restaurante Comunitário de Samambaia”.

A executora do contrato referente à unidade de Samambaia, Jessica Alves Moreira, explica que a expectativa para os próximos dias é que aumente a demanda pelos ônibus. “Muitas pessoas não estavam preparadas, não entendiam bem, ficavam receosas de ir no ônibus porque estavam de bicicleta. São adaptações que vamos fazendo. Com o tempo, os usuários vão aderindo mais ao serviço”, reitera.

Reforço

Nas duas unidades que vão receber temporariamente os usuários do restaurante de Samambaia houve um reforço na quantidade de refeições. Segundo a gerente do Restaurante Comunitário do Riacho Fundo II, Danielle Mendonça, nesta sexta-feira (12), foram oferecidas 3.364 marmitas na unidade do Riacho Fundo, 324 refeições a mais que na última sexta-feira (5), quando foram servidas 3.040 marmitas.

“Nós preparamos uma quantidade maior de refeições já esperando esse aumento da demanda com os ônibus que trouxeram os usuários da unidade da Samambaia. Hoje foi o primeiro dia e não teve um fluxo tão grande quanto o esperado. Mas a demanda aumentou em relação ao que ocorre normalmente às sextas-feiras”, destaca.

Leia também

imagem13-03-2021-07-03-58
imagem13-03-2021-07-03-58

Wi-fi grátis entra no cardápio de restaurante comunitário

imagem13-03-2021-07-03-59
imagem13-03-2021-07-03-59

Restaurantes comunitários são monitorados

Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília
Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Ônibus gratuito para dois restaurantes comunitários

A gerente do Restaurante Comunitário do Recanto das Emas, Brunna Oliveira, conta que o movimento de usuários já aumentou durante toda a semana, logo após o fechamento da unidade de Samambaia. “Muitos usuários passaram a retirar as refeições aqui. Tivemos um aumento de cerca de 200 pessoas a mais na semana. Com os ônibus, o movimento tende a aumentar”, explicou a gestora. “Hoje, foram servidas 3.080 refeições. Às sextas-feiras, a média é de 2.500 refeições oferecidas. Ou seja, somente nesta sexta, no primeiro dia de ônibus gratuito, foram de 400 a 500 refeições a mais”, afirma Brunna Oliveira.

Serviço:

Os demais 13 restaurantes comunitários continuam com a venda de marmitas das 11h às 14h, com o valor de R$ 1 e sem custo para a população em situação de rua do Distrito Federal acompanhada pelo Serviço Especializado de Abordagem Social. A linha gratuita é fruto de parceria entre a Sedes e a Sociedade de Transporte Coletivo de Brasília (TCB) com o objetivo de garantir a segurança alimentar e nutricional.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2021/03/12/onibus-garante-refeicao-para-clientes-de-restaurante-comunitario

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here