9 de agosto de 2022


O período de férias escolares é o mais agitado do Planetário de Brasília Luiz Cruls, no Eixo Monumental. Devido à alta procura, o equipamento público amplia a programação. A ideia é atender os brasilienses que visitam o espaço durante o recesso, em busca da diversão atrelada ao conhecimento e com custo zero. A média de visitação é de 1,5 mil pessoas por semana.

A média de visitação do Planetário nas férias é de 1,5 mil pessoas por semana | Fotos: Renato Araújo/Agência Brasília

Até 31 de julho, o Planetário estende a programação, passando de uma sessão de filme na cúpula para quatro exibições diferentes, sempre de terça-feira a domingo, inclusive em feriados, às 11h, 16h, 17h e 18h. As apresentações têm como foco o público infantil e infanto-juvenil. Além da projeção, há três exposições abertas para visitação, que exploram o programa espacial brasileiro, o sistema solar e as estrelas, e a profundeza do céu por meio de fotos.

“Durante as férias, a gente altera a programação para utilizar os filmes que tenham uma temática mais infantojuvenil, porque, segundo o nosso mapeamento de visitantes, durante esse período vem muita criança acompanhada dos pais”, explica o professor e planetarista Luis Edvar Cavalcante Filho.

Diversão em família

O casal Bruno e Pâmela Farias levou pela primeira vez os filhos Bernardo, Helena, Emanuel e Augusto ao Planetário. Como o passeio os remete à própria infância, eles quiseram trazer esse mesmo sentimento ao quarteto. “A gente nunca tinha vindo todo mundo junto. Esperamos que seja tão maravilhoso para eles, como foi para nós quando éramos criança”, comenta Bruno.

O casal Bruno e Pâmela Farias levou pela primeira vez os quatro filhos

Para a mãe, visitar o Planetário é uma oportunidade de fazer uma programação que contemple todos os filhos, que têm idades que variam de 10 meses a 8 anos. “Acho muito válido um passeio em que possamos vir a família toda. A gente até prefere. O bacana dessa visita é que desperta muita curiosidade deles”, avalia.

A bancária Deborah Jorge também fez a visita com os filhos Igor e Beatriz. “Acho que o Planetário é uma opção de passeio muito boa para as crianças”, comenta. O pequeno Igor concorda com a mãe. Animado com a visita, ele disse ter gostado, principalmente, das constelações. “Gostei da exposição do andar de cima (que contém imagens das constelações) e do filme”, conta.

Ana Nadal levou os três filhos Luan, Lis e Nicolas: “Eles sempre ficam com muita expectativa por causa dos vídeos e das atividades que têm aqui”

Após levar as crianças no ano passado, a mãe Ana Nadal voltou ao Planetário com os três filhos Luan, Lis e Nicolas. “Viemos no ano passado. Foi bem legal, então voltamos. Eles sempre ficam com muita expectativa por causa dos vídeos e das atividades que têm aqui”, afirma. Além da apresentação cinematográfica em 3D, os visitantes ainda podem tirar fotografias como astronautas.

“É um programa superdivertido. Quando você consegue alinhar diversão a fomento cultural e científico, é outra coisa. O Planetário tem a capacidade de tocar a alma das crianças, no sentido de ficarem mais curiosas e questionadoras, com um desejo maior de estudar ciências”, classifica Filho.

O professor Luis Edvar explica: “Durante as férias, a gente altera a programação para utilizar os filmes que tenham uma temática mais infantojuvenil, porque, segundo o nosso mapeamento de visitantes, durante esse período, vem muita criança acompanhada dos pais”

Programação

“O Planetário de Brasília está pronto para receber todas as crianças do Distrito Federal com um acervo especial e exibição de filmes em um cinema 360 graus. Estamos prontos para curtir as férias de julho junto com vocês!”, destaca o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Elísio Luz.

Ao longo do mês de julho, o Planetário de Brasília funciona de terça a domingo, das 9h às 21h, com entrada franca. Os ingressos para as exibições na cúpula são liberados meia hora antes da apresentação. O espaço comporta 80 pessoas por sessão. A duração é de até 45 minutos por filme.

Estão sendo exibidas quatro produções: O segredo do foguete de papelão (11h e 17h), Uma aventura no Planetário (16h), Dois pedacinhos de vidro (18h, nos dias ímpares) e Origens da vida (18h, nos dias pares).



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.