12 de agosto de 2022


Uma festa marcada pelo civismo, patriotismo e tradição. Assim foi a solenidade de formação de 736 novos soldados da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), em evento realizado na noite desta quinta-feira (30) no Estádio Mané Garrincha, que contou com a presença do governador Ibaneis Rocha, além de outras autoridades.

O governador Ibaneis Rocha participou da solenidada que também contou com as presenças do vice-governador, Paco Britto, do secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, além do comandante-geral da PMDF,  Coronel Fábio Augusto Vieira, e da deputada federal Flávia Arruda | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

“Quero deixar bem claro que existe um compromisso desse governo de que não iríamos deixar a Academia Militar vazia sequer um minuto, e cumprimos isso mesmo na pandemia”, destacou o chefe do Executivo. “Estamos aqui hoje em dia de festa recebendo os novos soldados da PMDF, juntamente com toda a sociedade, que vão nos ajudando nessa missão de dar segurança à população do DF”, reforçou o governador.


“Tenho o orgulho de dizer que temos a melhor polícia do Brasil e uma das mais bem equipadas do país. Tudo isso tem contribuído para diminuir os índices de criminalidade na nossa cidade e vamos continuar perseguindo essa redução cada vez mais”
Governador Ibaneis Rocha

Os novos integrantes da corporação foram selecionados por meio de concurso público e passaram por sete meses de treinamento, concluindo o curso de Formação de Praças (CFP) VIII. São 631 homens e 105 mulheres, que agora vão reforçar a segurança nas ruas do DF, marcando o empenho do GDF no combate à violência e à criminalidade nas 33 regiões administrativas.

Atualmente a corporação conta com um efetivo de 10,6 mil policiais militares. A previsão é de que mais cerca de outros 700 soldados sejam incorporados à Polícia Militar até o fim do ano. “Tenho o orgulho de dizer que temos a melhor polícia do Brasil e uma das mais bem equipadas do país. Tudo isso tem contribuído para diminuir os índices de criminalidade na nossa cidade e vamos continuar perseguindo essa redução cada vez mais”, enfatizou ainda Ibaneis Rocha.

Homenagem

A turma graduada noite desta quarta-feira (30) ganhou o nome de Capitão Eunack, homenagem ao policial pioneiro que fez história na corporação. Conhecido por ser desenhista, entre seus legados estão o brasão da PMDF e a Medalha Tiradentes. Falecido em fevereiro deste ano, o policial militar ingressou na corporação em 1958, chegando a nova capital em 1966.

Entre os 736 soldados formados nesta quinta-feira, são 631 homens e 105 mulheres | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

O evento contou ainda com a presença do vice-governador, Paco Britto, do secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, além do comandante-geral da PMDF,  Coronel Fábio Augusto Vieira, entre outras autoridades policiais da corporação. A deputada federal Flávia Arruda e o distrital João Hermeto de Oliveira Neto, respectivamente, madrinha e padrinho dos novos formandos da PM, também estiveram presentes.

“São mais de 700 homens e mulheres em favor da população, novos soldados que estarão nas ruas agora reforçando e recompondo a força policial do DF”, enfatizou o vice-governador, Paco Britto. “A população do DF está crescendo e estamos aumentando também o número de PMs nas ruas para dar mais segurança à população”, avaliou.

Para o secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, o trabalho integrado das forças de segurança do DF tem contribuído para a diminuição dos índices de criminalidade no DF. Os números falam por si só. Em relação ao mesmo período de junho de 2021, comparando com junho de 2022, a redução foi de 27% com relação a homicídios, 75% a menos de feminicídios e 50% de queda nos casos de latrocínio.

“Estamos entregando para o DF novos policiais formados que vão compor a segurança pública, aumentando não apenas a qualidade, quanto a efetividade da segurança na nossa cidade”, reforçou. “Temos homens e mulheres muitos qualificados que fazem a diferença no dia a dia da população junto com a Polícia Civil, com o Corpo de Bombeiros Militar e o grande sistema de segurança pública. , se empenhar e dedicar para continuar reduzindo os números da criminalidade no DF”, incentivou.

Emoção fardada

Julia Nogueira sonhava em vestir a farda da PMDF desde os 15 anos | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Formada em direito, Júlia Nogueira, 26 anos, revela que, desde os 15 anos, sonha em vestir a farda da PMDF. Uma emoção que dividiu com outros mais de 700 colegas ao entrar no Estádio Mané Garrincha, sob aplausos eficientes de parentes e amigos.

“Estar aqui hoje representa uma vitória porque foi uma caminhada longa, muito estudo e esforço”, relatou. “É o dia mais feliz da minha vida. Quero crescer dentro da corporação, entrei para a PM para ficar, quero fazer carreira mesmo”, planeja.

Emílio Mota, que atuou como agente socioeducativo, é formado em gestão ambiental e vai honrar a corporação com dedicação | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Aos 32 anos, Emílio Mota Guimarães Rocha, formado em Gestão Ambiental e atuante como agente socioeducativo, também vai guardar com carinho esse momento marcante que classificou como um divisor de águas na sua vida. “Sempre tive vontade de entrar para a corporação, oportunidade que surgiu com o concurso e que agora vou honrar com dedicação”, contou. “Viver esse momento é algo muito especial, uma realização enorme para minha pessoa”, confidenciou, emocionado.

Reforço

O Distrito Federal ganhou, entre janeiro de 2019 e maio deste ano, 2,5 mil policiais militares. Somadas às nomeações do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Civil, esse número passa de 3,5 mil profissionais nas forças de segurança locais. A redução de interstício – tempo que cada militar precisa cumprir no posto ou graduação antes de ser promovido – também avançou na atual gestão. Foram 8.174 reduções de interstício de 2019 a 2022.

O GDF também investiu em equipamentos dos efetivos. Ao logo de três anos e meio de gestão, foram adquiridas mais de 900 viaturas dos mais variados portes e finalidades, além de mais de 34 mil equipamentos, entre armas, detectores de metal, equipamentos de proteção individual e outros, chegando à marca de quase R$ 100 milhões em investimentos.

Além disso, espaços das corporações foram reformados e construídos, a exemplo do Batalhão de Aviação Operacional, ampliado. A previsão é de que novos edifícios-sedes da PMDF sejam construídas, como os do 8º, 14º, 15º e 16º BPMs. O comandante-geral da PM, Coronel Fábio Augusto Vieira, aproveitou a ocasião para reavivar os votos de compromisso dos novos soldados perante a sociedade.

“A partir de hoje, teremos um reforço na segurança pública do Distrito Federal”, destacou o comandante-geral da PMDF, Coronel Fábio Augusto Vieira. “Agora, os senhores formandos não possuem mais nomes, onde quer que estejam, na hora de folga ou na hora de trabalho são policiais militares. Mesmo que a morte nos caiba, saberemos cumprir o juramento que aqui fizeram de defender a sociedade, mesmo com o risco da própria vida”, convocou.

Formatura do CFP VIII da Polícia Militar do Distrito Federal



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.