9 de agosto de 2022


Nesta sexta-feira, a jornalista lacradora da CNN conhecida por debochar de conservadores quando são perseguidos pelo STF voltou aos holofotes nas redes sociais. Ademais, Daniela Lima que trabalha na CNN, usou o twitter para destacar matéria sobre a prisão do homem que supostamente havia ameaçado o ex-presidiário e os ministros da corte.

“O cidadão de bem —ele próprio se intitulava assim— avisou que ia criar um grupo no Telegram para monitorar os ministros do STF com o intuito de “caçá-los” e “pendurá-los de cabeça para baixo”. Ameaça de morte explícita, com trama e tudo publicado na internet.” Escreveu a jornalista.

Você pode gostar de: Casa Verde e Amarela: Caixa aumenta faixas de renda para o Programa

A jornalista da CNN não ficou indignada em relação ao filme sobre atentado contra Bolsonaro

Em conclusão, conhecida pelo tom de deboche que trata algumas notícias, em especial contra a direita, Daniela Lima não mostrou toda essa indignação quando as ameaças são contra Bolsonaro. Vale destacar que internautas criticaram a postura da “profissional” do jornalismo da CNN.

Confira: Tabata Amaral perde a linha e parte para ofensas contra Eduardo Bolsonaro “frouxo, covarde”

Assim, “A ideia do filme matando o presidente numa motociata nem passou perto do jornal.
Só pra ver q só tem lado.” Escreveu um seguidor.

“E o poder inquisitorial que o STF se dá, de investigar e julgar, não te incomoda?
Jamais se esqueça que você está repercutindo um viés inquisitivo de apuração, que deveria ser reputado inconstitucional….se não estivesse sendo conduzido pela própria Corte que afere constitucionalidade. A canalhice do “cidadão de bem” não impede nosso senso crítico.” Escreveu outro internauta.

Talvez você goste de: Youtuber corajoso detona STF: “Kassio Nunes esfregou na cara de Fachin com classe e sarcasmo”

Source link



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.