9 de agosto de 2022


Nesta quinta-feira, dia 4 de agosto, o Senador Renan Calheiros resolveu atacar mais uma vez Jair Bolsonaro em suas redes sociais. Em resumo, o senador questionou o fato de o presidente ter chamado a famigerada carta dos banqueiros e artistas lacradores de “cartinha”. 

No Twitter, Renan Calheiros afirmou que a Carta pela democracia possui 700 mil assinaturas e tentou dar aquela “lacrada” em cima do Chefe do Executivo. “A Covid era uma “gripezinha”. Matou quase 680 mil brasileiros. A carta pela Democracia, pela vida – com mais de 700 mil apoios – ele chama de “cartinha”. O Brasil já sabe quem descartar: o presidentezinho.”

Você pode gostar: Alfredo Scaff afirma que Brasil surpreende o mundo ao sair rápido da crise

Internautas zombam de Renan Calheiros “CPIzinha”, “cirquinho” 

Logo após a publicação de Renan Calheiros os internautas não perderam tempo em inundar seu perfil de comentários. Entretanto, os comentários foram em sua maioria esmagadora de críticas e piadas com a “cara de pau” do parlamentar campeão de processos do Supremo Tribunal Federal. 

Confira: Paulo Guedes dá show da XP “Brasil tá condenado a crescer por a 10 anos seguidos”

“Tem seu nome no documento , já perdeu a validade , o senhor representa o q existe de pior na política do país.” Escreveu um internauta; “Antes temos que mandar embora alguns “senadorzinhos”. Disparou outro seguidor. Por fim, outro usuário foi além e chamou Calheiros de Senadorzinho. 

“Um senadorzinho que foi relator da CPIzinha do cirquinho, pulador de cerquinha, falando da cartinha 700 mil apoiadorzinhos da mamatinha que ele faz partizinha. Agora a nossa Carta em poucos dias já está beirando a 1 milhão, queridinho. Você é catastrófico para o país.”

Leia mais: Saidinha com os dias contados: Câmara aprovou o fim do benefício para bandidagem

Source link



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.