Saúde aumenta capacidade de execução de cirurgias eletivas – Agência Brasília

0
46
Saúde aumenta capacidade de execução de cirurgias eletivas – Agência Brasília
Saúde aumenta capacidade de execução de cirurgias eletivas – Agência Brasília

imagem10-09-2021-05-09-04
imagem10-09-2021-05-09-04
Em coletiva, o secretário general Pafiadache anunciou os números e mostrou otimismo com o trabalho que vem sendo feito | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

A estratégia de retomada de cirurgias eletivas em massa na rede de saúde já começa a surtir efeitos que podem ser traduzidos em números. Levantamento preliminar da Secretaria de Saúde aponta que a pasta fechou o mês de agosto com acréscimo de 291 cirurgias eletivas executadas na rede de saúde, na comparação com o mês de julho deste ano.

Após enfrentar o período mais crítico da pandemia do novo coronavírus e alcançar as primeiras posições no ranking nacional de vacinação contra a covid-19, o Distrito Federal tem à sua frente o desafio de eliminar a demanda reprimida por procedimentos cirúrgicos na rede de saúde, especialmente os eletivos, que ficaram suspensos por quase um ano.

No mês de julho, foram realizadas 1.500 cirurgias nas unidades de saúde do DF. Já no mês de agosto, sob a política de atender a demanda cirúrgica acumulada, a Secretaria de Saúde executou 1.791 procedimentos.

“Não é só pensar em cirurgias eletivas, mas essa é uma área na qual temos que avançar. Queremos aumentar a capacidade cirúrgica dos nossos hospitais”General Pafiadache, secretário de Saúde

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (9), o secretário de Saúde, general Pafiadache, anunciou os números e mostrou otimismo com o início do trabalho nesta área. “Teremos que fortalecer os hospitais. Não é só pensar em cirurgias eletivas, mas essa é uma área na qual temos que avançar. Queremos aumentar a capacidade cirúrgica dos nossos hospitais”, afirma o secretário.

A força-tarefa para aumentar a produção cirúrgica da rede teve início no mês passado e começou pelo Hospital Regional de Taguatinga (HRT), beneficiando quem aguarda há mais tempo por uma cirurgia no Sistema Único de Saúde do Distrito Federal.

Para a secretária-adjunta de Assistência, Raquel Beviláqua, a gestão da pandemia deve acompanhar as outras demandas com que a rede de saúde tem de lidar neste momento. “Estamos visitando os hospitais da rede. Com um olhar para os centros cirúrgicos e leitos e também para a especificidade do atendimento de cada hospital”, afirma.

A priorização de atendimentos oncológicos também está entre as principais metas da nova gestão da Secretaria de Saúde, especialmente as primeiras consultas

O Hospital Regional de Samambaia (HRSam) e o Hospital de Base também já reorganizaram seus respectivos fluxos de atendimentos. Além disso, a Secretaria de Saúde já iniciou a implementação do terceiro turno de cirurgias, com o intuito de limpar ainda mais a lista de espera.

Atendimentos oncológicos

Na coletiva à imprensa, o secretário divulgou que a priorização de atendimentos oncológicos também está entre as principais metas da nova gestão da Secretaria de Saúde, especialmente as primeiras consultas. Ao longo do final de semana o secretário visitou o HRT e o Hospital de Base.

“Fiquei bastante surpreso com as coisas boas que acontecem por lá, mas também identificamos aquilo que temos que melhorar, sempre com a visão de atender a nossa expectativa e aumentarmos o número de cirurgias eletivas. Percebemos que temos que cuidar das primeiras consultas oncológicas e já estamos nesse esforço. O HRT está dobrando os seus consultórios, justamente para oferecer mais vagas”, relata o general.

Leia também

imagem10-09-2021-05-09-06
imagem10-09-2021-05-09-06

Governo monta força-tarefa para cirurgias eletivas

Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, a escolha dos hospitais se deu pela oferta de cirurgias em especialidades com grande procura
Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, a escolha dos hospitais se deu pela oferta de cirurgias em especialidades com grande procura

Mais 38 leitos em três regiões para cirurgias eletivas

imagem10-09-2021-05-09-09
imagem10-09-2021-05-09-09

Saúde faz 5.438 procedimentos em um mês de retomada de cirurgias eletivas

O ambulatório do HRT receberá manutenção predial, o que possibilitará a ampliação do setor em cinco novos consultórios, o que irá permitir ao hospital dobrar o número de primeiras consultas, atualmente em torno de 65, para 130 por mês. Além disso, os serviços de manutenção e reforma atenderão toda área do ambulatório e outros setores.

Vacinação nesta sexta-feira

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, informou à imprensa que nesta sexta-feira (10/9) começa a vacinação para o público de 16 anos de idade. A Secretaria de Saúde definiu 70 pontos de vacinação, que estarão disponíveis em todas as regiões do Distrito Federal. Só para os adolescentes de 16 e 17 anos, serão destacados 31 pontos de vacinação. Confira os locais no site da Secretaria de Saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br/2021/09/09/saude-aumenta-capacidade-de-execucao-de-cirurgias-eletivas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here